22 de jan de 2013

Cuidado com os pequenos no Carnaval


Os pais devem redobrar os cuidados com as crianças durante o carnaval para evitar 
acidentes. 
Nos dias de folia é comum que as pessoas fiquem mais relaxadas, inclusive na vigilância dos pequenos, o que pode facilitar a ocorrência de situações perigosas e tragédias. 

Segundo a coordenadora de projetos da Ong Criança Segura, Ingrid Stammer, é preciso ter consciência de que a criança não sabe avaliar o risco que corre e também de que situações comuns para os adultos podem ser fatais às crianças. “Além da distração, a curiosidade, a inexperiência e o próprio corpo da criança podem causar acidentes”, explica.
Ingrid alerta que as pessoas que vão assistir aos desfiles de carnaval das sacadas de seus apartamentos devem colocar redes de proteção, pois como as crianças têm o costume de se pendurarem para poderem enxergar, há o risco de queda. “O corpo da criança facilita que ela se desequilibre. A cabeça corresponde, em média, a 25% do seu peso total. Em um adulto, o índice é de 6%”, afirma.
Confira outras dicas para a segurança dos pequenos no carnaval
- As fantasias devem ser leves e de tecidos arejados. Tenha cuidado com objetos e acessórios pontiagudos.
- Cuidado com lantejoulas, pois se soltam com facilidade.
- Se for fazer pintura no rosto, os pais devem procurar tintas específicas para essa parte do corpo e voltadas para o público infantil,
- Cuidado com as máscaras, principalmente as de material sintético, podem impedir a respiração.
- Ao estourar bexigas e balões, as crianças podem engolir os pedaços pequenos de borracha.
- Não compre armas de brinquedos, pois estimulam a violência.
Além de tudo isso é necessário lembrar também de cuidados básicos  como buscar sempre lugares de sombra, frescos e mais afastados da multidão,  dá bastante água e passar protetor solar para que os pequenos curtão o carnaval de forma feliz e saudável. 
Quem vai participar de carnaval de rua não deve deixar que as crianças se afastem muito. Além do risco de se perderem, elas podem sair do trecho indicado de segurança e serem atropeladas. “Não basta avisar os pequenos sobre o perigo, os pais 

devem supervisioná-los sempre”, orienta.
A preparação das fantasias também exige atenção. Peças e acessórios pequenos podem se soltar e serem engolidas. Os pais devem evitar fantasias com cordões, cintos e faixas soltos, para que não haja risco de sufocação.
Trânsito
Na hora de viajar, a orientação é para que os pais coloquem as crianças sentadas na cadeirinha adequada para a idade, no banco traseiro e sempre com o cinto de segurança.
Os pequenos também precisam ser ensinados a como proceder no trânsito atravessar na faixa de pedestres, ficarem atentas aos carros e ao semáforo, andarem na calçada, entre outros.


Um comentário:

BY BEIJÚ disse...

oi flor, tem sorteio no blog de uma linda sapatilha...bjimm
www.bybeiju.blogspot.com.br

Linkwithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...