17 de set de 2013

Sítio do Pica Pau Amarelooooooooo

Sítio do Pica Pau Amareloooooooo!!!!!!!Nossa que lembranças boas que me remetem a minha infância e adolescência tudo que é lúdico e maravilhoso, até hoje vejo as personagens com muito carinho, um verdadeiro clássico das obras de Monteiro Lobato. Recomendo que todos incentivem a leitura nas crianças, ler é emancipar-se, sair do lugar comum e conseguir através das palavras adentrar em mundo cheio de imaginação, conhecimento. atitude e fantasia. Lembram de como era bom ouvir historias e acreditar em mundos fantásticos e imaginários? Hoje em dia tudo está tão complicado, tanta informação das mídias que invadem  nossas casas através dos nossos veículos de comunicação, que uma dose de pureza não vai fazer mal e as crianças precisam disso para torna-se adultos saudáveis, ademais ler em família exalta um clima de relaxamento e carinho o Sítio do Pica Pau Amarelo ainda passa na tv na globo aos sábados pela manhã e em alguns canais a cabo, mas ainda prefiro a leitura, o que também acho bem interessante nessa obra é o resgate de uma parte da nossa cultura quase esquecida, as lendas como Curupira, Sací, Iara e outras tantas, nosso folclore é tão interessante e rico que dá pena cair no esquecimento, infelizmente muitos dos nossos jovens se quer ouviram falar dessas personagens lendárias, até nós mesmos diate tanta informação virtual, moderna, televisiva estamos esquecendo é hora de relembrar é saudável, cultural e relembrar e viver.

O famoso sítio do Pica Pau Amarelo.


Criado pelo muito lembrado escritor Monteiro Lobato, o Sítio do Pica Pau Amarelo, que foi criado pelo autor ainda em 1920 atravessa gerações e ainda é o livro mais amado da criançada, livro este que se tornou uma série destinada para a televisão e que fez e ainda continua fazendo muito sucesso.
O livro se tornou tão famoso, que o autor aproveitou a deixa e usou os próprios personagens deste livro para escrever outros livros, tais como a Emília, Narizinho,
Marquês de Rabicó, Quindim, Visconde de Sabugosa e outros, estes todos que moram no sítio da avó dos garotos, sítio este que leva o nome de Pica Pau Amarelo.
Segundo se conta, a origem do livro começou quando em uma partida de xadrez com Toledo Malta, Monteiro Lobato ouvindo a história do peixinho que se afogou contada pelo colega, acabou perdendo o jogo, mas ganhando as ideias para escrever o conto do peixinho que Morreu Afogado que acabou por dar origem ao livro A Menina do Narizinho arrebitado que é a própria origem do livro Sítio do Pica Pau Amarelo. Adaptado para tv o primeiro programa foi exibido no período de 1952 a 1962 pela tv Tupí, no programa Teatro Escola de São Paulo

Monteiro Lobato  Nasceu no dia 18 de abril 1882 em Taubaté, São Paulo. Era filho de José Bento Marcondes Lobato e Olímpia Monteiro Lobato. Alfabetizado pela mãe, logo despertou o gosto pela leitura, lendo todos os livros infantis da biblioteca de seu avô o Visconde de Tremembé. Desde menino já mostrava seu temperamento irrequieto, escandalizou a sociedade quando se recusou fazer a primeira comunhão. Fez o curso secundário em Taubaté. Estudou no Instituto de Ciências e Letras em São Paulo ingressou na Faculdade de Direito do Largo de São Francisco na capital e em 1904, o escritor faleceu em julho de 1948, mas somente em 2002 foi criada a Lei 10.402/02 instituindo dia 18 de abril como o Dia Nacional da literatura infanto-juvenil.

Rabicó minha personagem favorita


Dirce Migliaccio a primeira Emília da série
Pesquise nesses links:
http://sitio.globo.com/#personagens
https://www.facebook.com/sitiodopicapaumairipora?ref=stream&hc_location=stream&filter=1

Nenhum comentário:

Linkwithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...